Estágio Vocacional: momento de discernimento e entrega

Estágio Vocacional: momento de discernimento e entrega

Neste fim de semana, dias 11 e 12, foi realizado no Seminário Paulo VI o último Estágio Vocacional (EV) do ano. Os EVs são encontros, que acontecem no Seminário Teológico Paulo VI e têm dois objetivos principais:

1º: auxiliar os jovens a ter um profundo discernimento de sua vocação, seja ela sacerdotal ou não.
2º: permitir que os formadores do seminário juntamente com o arcebispo possam avaliar os que desejam ingressar no seminário diocesano, e se os verem aptos para esta experiência, os acolherem no processo de formação sacerdotal.

Por esse motivo, no sábado anterior ao Estágio, dia 11, foram recebidos no seminário alguns vocacionados que, ao ver da formação, podem estar aptos à vida seminarística. Lá tiveram uma conversa com o padre Edivan, reitor do Seminário Propedêutico, a respeito de cada etapa da formação sacerdotal, após um intervalo, fomos à Santa Missa na Capela Mãe da Divina Providência, e logo após visitamos a casa do Gilberto e da Edna, das Equipes de Nossa Senhora, para o jantar, que foi um grande momento de partilha de vida entre seminaristas e vocacionados.

Já o Estágio Vocacional de domingo foi aberto para todos os jovens. Com a sua estrutura já conhecida dos que participam, teve início com o café às 8h30, seguido de um momento de oração conduzida pelo seminarista Rodrigo, da teologia.

As formações, que ocorreram no período da manhã, abordaram as cinco dimensões da formação sacerdotal. A reflexão sobre a Dimensão Humano-Afetiva foi dirigida pelo seminarista Welington, da teologia, que disse que Deus chama o “homem inteiro” ao seu serviço, não pedaços dele, e portanto toda a nossa humanidade deve se voltar para o Senhor, na busca de uma vida idônea, como diz o apóstolo.

O seminarista Lucas Ehlke, propedeuta, conversou conosco sobre a Dimensão Comunitária, em que é importante saber o valor do próximo, também chamado por Deus, e cultivar a unidade.

Gustavo e Lucas Emanuel, também seminaristas do propedêutico, falaram da Dimensão Espiritual, que é base e sustentação para o chamado, afinal quem nos chama é o próprio Deus. Eles ressaltaram, inclusive, as várias formas de se cultivar a espiritualidade no seminário.

A Dimensão Intelectual foi apresentada pelo seminarista Humberto, teólogo, que mostrou a importância que tem para um padre a profundidade nos estudos, não para simplesmente saber mais, mas para com esse conhecimento adquirido poder oferecer mais ao próximo.

Concluindo com a Dimensão Pastoral, o seminarista Renato, da teologia, disse que todas as outras dimensões estão a serviço desta, que é o grande objetivo da vida sacerdotal. Ser pastor do rebanho de Deus, estando próximo dele para curar suas feridas.

No período da tarde tivemos uma Hora Santa Vocacional, e logo após concluímos o EV com a Santa Missa, na qual os reitores informaram que já estão concluindo a decisão sobre quem entrará no seminário no ano que vem.

Que Deus abençoe a todos os que trabalharam neste processo para a maior glória de Deus!

 

 

Texto: João Pedro.

Fotos: Marcelo Aparecido.

Deixe uma resposta