VIII Encontro interprovincial de seminaristas

VIII Encontro interprovincial de seminaristas

Aconteceu nesse último dia 07 de setembro de 2016, o VIII encontro Interprovincial de Seminaristas e Formadores das províncias de Londrina e Maringá, realizado na Diocese de Paranavaí, com a participação dos Bispos, Padres formadores e mais de 200 seminaristas. Foi uma troca de experiências de comunhão, vivenciando o batismo e o compromisso de servir a Igreja e o povo de Deus. “Misericordiosos como o Pai (Lc 6,36) foi o lema deste VIII Interprovincial.

A formação foi Dom Geremias Steinmetz que discorreu a respeito do documento 93 da CNBB; Diretrizes para a formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil. “As casas de formação e a vida de missão do presbítero são marcadas por uma intencionalidade pastoral missionária, que devem configurar todo o processo formativo, pois toda a formação dos candidatos ao sacerdócio é destinada a dispô-los de modo particular para comungar da caridade de Cristo, Bom Pastor. O padre precisa ser místico e mistagogo, capaz de conduzir o outro ao mistério da fé com Jesus Cristo”. Dom Geremias também citou a frase de Santo Agostinho “Convosco sou cristão, para vós sou presbítero”. “O presbítero é servo, pois participa da missão do Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a própria vida em resgate por muitos” (Mc 10,45).

“Cantar o canto ensinado por Deus. Com poesia ensinar nossa fé,

Plantar o chão, cultivar o amor, como poetas que querem sonhar,

Pra realizar o que o mestre ensinou. Viemos cear, restaurar o coração

Fonte de vida no altar a brotar, a nos alimentar.”

 

Esse canto na Missa diz muito para todos nós seminaristas que participamos desse VIII Interprovincial, ecoando em nossos corações o chamado a vivenciar e a profundar o ser cristão batizado e o discipulado se colocando disponível para a Missão. E após a Missa tivemos uma confraternização, troca de experiência e com almoço, sorteio de prêmios e jogos.

 Padre Antônio Marcos formador da diocese de Paranavaí, seminário menor Maria Mãe da Igreja. Foi que organizou o VIII interprovincial de seminaristas que aconteceu em Paranavaí. Disse: “a organização requer muito cuidado com os detalhes, com o local, com a questão dos contatos com os padres e formadores para que tudo possa acontecer da melhor forma possível. Também na questão dos laços que se estreitam com os amigos padres que até então participávamos como seminaristas e agora nos encontramos como formadores. A realidade que estamos enfrentando hoje no século XXI, seja no pastoreio, seja na vivencia do presbiterado, então o futuro candidato já vivendo este ambiente de comunhão, ele também é convidado a se abrir, e a se abrir as novidades, se prepararem bem nos estudos, a conviver bem em sua diocese. E esses laços que se estreitam em novas amizades sendo formadas e constituídas nessa troca de experiências”.

Diácono Marcos Fernandes Lima da diocese de Umuarama. “Eu tive a graça de estar desde o inicio quando iniciava em Maringá; eu ingressava no seminário e tive a oportunidade de fazer esta experiência. E o encontro surgiu com um intuito reunir as províncias. E alegria esta sendo muito grande em fazer esta troca de experiência, esse convívio entre os seminaristas e os formadores; hoje começamos a perceber que os anseios, as dificuldades da formação não se restringi somente as nossas realidades diocesanas, mas é algo em conjunto e essa nossa troca de experiência é algo enriquecedor e nos ajudam muito a caminhar. E enquanto diocese de Umuarama nosso Bispo Dom João Mamede Filho, ele prioriza muito esse convívio entre as casas de formações, e em nossa diocese temos três encontro anuais entre as casas de formação, e sempre já pensando em participar desse encontro interprovincial dos seminaristas com as dioceses das duas províncias, com os formadores e com os futuros presbíteros do Norte do Paraná. E meu conselho para os seminaristas que estão fazendo essa caminhada é perseverança, a alegria e toda felicidade em servir essa Igreja que tanto amamos, e ver que esse sonho começa a se concretizar, chegando a ordenação diaconal futuramente a ordenação presbiteral; em tudo procurar amar e servir esse nosso Deus grande e amoroso”.

Seminarista Jeferson da Luz Bonifácio, Diocese de Jacarezinho, estudante do quarto ano de Teologia; “A nossa diocese é pioneira no Norte do Paraná foi criada em 1926 juntamente com a diocese de Ponta Grossa, e estamos participando do Interprovincial há quatro anos, para nós seminaristas é de grande valia e enriquecedor tanto para nossa formação e também da espiritualidade e fraternidade. Na diocese de Jacarezinho nossa prioridade é a formação sacerdotal, tanto que nesse ano teve um encontro de candidatos para entrar no seminário com um número de 120 vocacionados, e muitas das pessoas perguntam como temos esse numero tão grande de candidatos para entrar no seminário? São duas coisas: nós investimos e rezamos. A comunidade reza, a comunidade investe, os padres das paróquias também influenciam e incentivam esses jovens rapazes e moças a entrarem na vida religiosa, e tendo os padres como espelho para buscarem a vivencia nessa vocação de acordo com o Evangelho e o amor a Igreja”.

Texto: Sem. Wailson Francez

 Fotos: Sem. Bruno Seben

Deixe uma resposta